Pequenos “chefs” na cozinha?

Sim, mas em segurança. Para que a experiência seja sempre divertida é importante uma supervisão constante. Algumas dicas para manter a segurança:

  1. Organize e limpe a cozinha antes das crianças chegarem. Guarde tudo o que não seja para utilizar na preparação da refeição. Quanto menos coisas disponíveis, mais fácil será manter o controlo;
  2. Tire todos os fios elétricos do alcance das crianças, já que a tendência será para puxá-los. Posicione os tachos necessários, preferencialmente nos bicos de trás do fogão. Se necessitar dos bicos da frente, coloque todas as pegas voltadas para trás, para não haver a tendência natural das crianças derrubarem o que estiver nos tachos;
  3. Mantenha as crianças longe do fogão e do forno;
  4. Transmita-lhes que, na cozinha, devem prender os cabelos e arregaçar as mangas;
  5. Ensine-as a lavar as mãos. Se puder levar um recipiente e um sabão para a cozinha, de forma a colocar tudo à altura das crianças, melhor;
  6. Lembre-se que é natural as crianças sentirem dificuldade na cozinha devido à sua baixa estatura, e que a tendência é subirem a um banco para compensar. Assegure-se que o banco é seguro e apenas permita este recurso a crianças com 5 ou mais anos de idade. No entanto, para crianças mais pequenas, o ideal é serem os adultos a descer até à sua altura: improvise um espaço de trabalho na mesa da cozinha, numa mesa mais baixa, ou até no chão, sobre uma manta;
  7. Para evitar rapar a massa crua dos bolos, que contém ovo cru – o qual poderá conter Salmonella nomeie as crianças “provadores oficiais das sobremesas”, quando as mesmas estiverem prontas;
  8. Ensine os perigos da cozinha. Explique quais as consequências que podem advir de mexer indevidamente em cada utensílio ou eletrodoméstico;
  9. No seguimento do conselho anterior, evite o contacto das crianças mais pequenas com eletrodomésticos como a batedeira, a varinha mágica, a picadora, o liquidificador ou os robots multifunções;
  10. Evite o contacto das crianças com facas afiadas e outros utensílios cortantes.

Não se esqueça! Manter a supervisão constante é obrigatório para garantir que tudo corre bem.

 

Liliana Oliveira, Nutricionista do Movimento 2020.
Membro da Ordem dos Nutricionistas nº2005N.

PUB PUB