A “pré-época natalícia”

Comummente, as festividades de “pré-época” natalícia à mesa começam muito cedo: jantares de família, amigos, colegas, empresa…! Tire partido desta época festiva sem comprometer a sua saúde e uma alimentação saudável e equilibrada.

Não precisa de se privar totalmente dos doces de Natal! Potencie os jantares de “pré-época” fazendo jantares de experimentação a pensar no dia de Natal. Se o jantar for em sua casa, em casa de um amigo ou familiar, experimente receitas doces reinventadas por si, sempre elaboradas em pequenas quantidades:

  • Diminua a quantidade de açúcar adicionado ou substitua-o total ou parcialmente por adoçantes;
  • Altere a confeção e, em vez de fritar use o forno ou utilize uma frigideira que permita a adição de apenas uma colher de gordura para a totalidade das porções elaboradas;
  • Consuma a refeição à mesa e sem pressa, dando tempo para apreciar cada receita. Ao comer devagar, dá tempo para que o organismo se aperceba de que está a ficar saciado;
  • Modere a quantidade de doçarias que consome. Alimentos com elevado teor em açúcar e gordura provocam um estímulo cerebral gerador de prazer. Ingerir uma elevada quantidade de açúcar pode afetar a capacidade do organismo em comunicar ao cérebro que está saciado, levando a um consumo excessivo;
  • Aposte na fruta fresca e nos frutos oleaginosos, potenciando a sensação saciedade. Os frutos oleaginosos têm, na generalidade, elevado teor de proteína e fibra e pouca quantidade de açúcares. Consuma-os em quantidade moderada, sabendo que uma porção equivale a cerca de um punhado;
  • Prove e partilhe! Prove, em pequena quantidade, diferentes doces. Para facilitar a redução da quantidade que consome, partilhe com entes queridos que também os queiram experimentar.

 

Vera Fernandes, Nutricionista do Programa de Alimentação Saudável do Jumbo.
Membro da Ordem dos Nutricionistas nº 1581N.

PUB PUB