10 dicas e 10 truques para uma época natalícia mais saudável – Maria Gama

Estamos a entrar na época natalícia e o melhor que temos a fazer é pensar de que forma podemos passar esta época festiva de forma saudável, mas sem deixar de aproveitar as iguarias típicas da época. O mais importante é termos imaginação, perceber que podemos ter um Natal tradicional, mas que também podemos fazer algumas escolhas mais acertadas.

Antes de mais, e como dicas essenciais, temos 10 truques que deve seguir:

  1. Levantar e… tomar o pequeno-almoço! Não deve ir para a cozinhar começar a preparar tudo para a noite de Natal sem o pequeno-almoço tomado, porque senão irá começar a provar tudo o que está a fazer.
  2. Quando for pôr a mesa, tape as entradas e as sobremesas. Se passar o dia a olhar para elas, a probabilidade de ir “roubar” um bocadinho é muito maior.
  3. Faça algumas alterações na confeção dos pratos e das sobremesas: diminua a quantidade de açúcar (prefira o adoçante), substitua o óleo e a manteiga pelo azeite, opte por lacticínios magros e diminua a quantidade de sal. Utilize canela e adoçante para dar sabor às sobremesas, bem como frutas ou legumes doces (banana, manga, cenoura ou abóbora …).
  4. Costuma beber água durante o dia? É fundamental que o faça: prepare a sua garrafa e coloque-a ao pé de si para não passar despercebida. Se não aprecia água devido ao frio que se costuma sentir por esta altura, opte pelo chá.
  5. Faça todas as refeições nos dias 24 e 25: isto vai evitar que passe o dia todo a petiscar e a provar os pratos e as sobremesas que está a fazer.
  6. Sopa, tanto ao almoço como ao jantar. Toda a família deve ter esse hábito. Além disso, temos de dar o exemplo às crianças. Pode sempre optar por fazer uma sopa diferente. Que tal um creme de brócolos com coentros?
  7. Tradição é tradição! Mas os legumes ou a salada devem estar sempre presentes para acompanhar as refeições principais. Salada, legumes estufados e couves cozidas são alguns exemplos.
  8. Cuidado com os temperos, tanto das verduras como das saladas: um fio de azeite e vinagre. Deixe de lado outro tipo de molhos.
  9. Se quer provar todas as sobremesas, tire apenas um bocadinho de cada uma para o seu prato de sobremesa e não repita.
  10. Faça atividade física durante esses dias. Que tal arranjar uma atividade comum para todos participarem? Caminhar, andar de bicicleta, jogar à bola com os mais pequenos… Incentive as crianças a participar na montagem da árvore de Natal, no presépio e até a enfeitar a mesa da ceia de Natal.

Na noite da consoada, tem algumas dicas que pode seguir para tornar a refeição mais saudável.

ENTRADAS:

  • Deve sempre haver uma sopa, pois esta fará com que coma quantidade menores na refeição total. No entanto, não deve fazer um refogado ou adicionar-lhe natas.
  • Queijo fresco: Tem alguma razão para só colocar queijo da serra na mesa de Natal? Porque não optar por queijo fresco ou requeijão? Pode acompanhar com pimenta ou uma salada, deixando o pão de lado.
  • Salada colorida de frutos secos e mel: Se nos apetece um tipo diferente de entrada, porque não fazê-lo? Podemos juntar alface, tomate, cebola roxa, pimento, frutos secos… e quem sabe, colocar um fio de mel.
  • Palitos de cenoura, curgete e pepino: Pode juntar iogurte natural com um pouco de gengibre em pó e sumo de limão para acompanhar.

PRATO PRINCIPAL: Qual a sua tradição? Bacalhau? Polvo? Borrego? Cabrito? Todos são bons pratos e o problema não parece estar nestes ingredientes.

  • Deve colocar bastantes legumes a acompanhar o prato principal.
  • Se sabe que se vai “vingar” nas sobremesas a seguir, pode deixar de lado o arroz ou as batatas. 
  • Não precisa de regar o bacalhau com azeite, ou molhar o pão no molho… parecendo que não, isso faz mesmo toda a diferença!

SOBREMESAS:

  • Por quê preparar um número exagerado de sobremesas? Podemos contar o número de pessoas e fazer as sobremesas tendo em consideração esse valor. Pode optar por um prato de sobremesa mais pequeno, de forma a conseguir controlar a quantidade. 

No dia 26, tome logo uma atitude e volte à sua rotina! Não prolongue o Natal até ao fim do ano.

  • Distribua as sobras ou congele-as. 
  • Beba bastante água, comece sempre as refeições com um prato de sopa e exagere nas verduras e legumes às refeições.

Maria Gama, Nutricionista e autora do projeto “Põe-te na linha
Membro da Ordem dos Nutricionistas nº1727N

Fotografias:
Rita Barreto | Still Photography

PUB PUB