Como lidar com o ladrar indesejado?

Como lidar com o ladrar indesejado?

Os cães têm um ladrar indesejado, por vezes. Ladram, naturalmente, por diversos motivos: por questões de território, quando se sentem ameaçados, quando estão excitados, para chamar a atenção das pessoas, quando ficam muito tempo sozinhos, etc.

Existem algumas técnicas que podem ajudar a parar o ladrar indesejado

No entanto, não deve esperar resultados num dia. Reconhecer o motivo é o primeiro passo para conseguir remover os estímulos e corrigir o comportamento do seu cão. Também é muito importante corrigir os seus próprios comportamentos. Muitas pessoas, inadvertidamente, treinam os seus cães para ladrar: ao ouvir o seu ladrar ser respondido por gritos, o animal pensa que você está a “ladrar” com ele. Durante o treino nunca se esqueça: não grite com o cão, mantenha as sessões de treino positivas e animadas, seja consistente de forma a não confundir o “pet” e certifique-se que toda a família segue o treino.

Uma das técnicas é ignorar o ladrar até o pet parar

A atenção que lhe dá é uma recompensa ao barulho que faz. Não fale com o cão, não lhe toque e não olhe para ele. Quando se acalmar, recompense-o.

Outra opção é gradualmente acostumar o pet à razão que provoca o ladrar indesejado

Coloque o estímulo, seja um cão ou uma pessoa estranha, à distância mas visível. Vá dando recompensas ao “pet” se não ladrar enquanto o estímulo se aproxima. Quando o estímulo desaparece de vista, pare de dar recompensas, porque, desta forma, o cão vai associar o aparecimento do estímulo com recompensas.

Também pode ensinar ao seu cão o comando “quieto” ou “calado”

Num ambiente calmo, sem distrações, diga ao seu cão para “falar”. Quando ele começar a ladrar, diga “quieto” ou outro comando que prefira e dê-lhe uma recompensa.

Manter o cão cansado

É outra forma de evitar que este elimine a sua frustração ou aborrecimento a ladrar. Os cães precisam de suficiente exercício físico e mental todos os dias