Como evitar o ladrar excessivo?

Como evitar o ladrar excessivo?

Antes de tentar combater, os teus donos devem aprender como evitar o ladrar excessivo. Inicialmente, é importante saber que ladrar é uma condição natural nossa. Esta é uma das nossas formas de comunicação, portanto, abolir esse ato é impossível.

Contudo, latidos excessivos são um problema

Tanto para o dono, vizinhos e até para nós, pois normalmente esse hábito está ligado a stress, ansiedade, medo, ociosidade, insegurança, entre outros.
Alguns cães ladram demais para chamar a atenção, pedir carinho, proteger o território (quando existe algo perigoso ou estranho por perto), por ciúmes, excesso de estímulos, condicionamento (ladrar quando tocam a campainha, por exemplo), tédio, solidão e, até mesmo, depressão.

Nessas situações, muitas vezes, é culpa é do teu próprio dono

Para te fazer parar de ladrar, o teu dono acaba cedendo e dando o que queres. Assim, percebes logo que quando ladrares o teu problema é imediatamente resolvido. Inconscientemente, os donos acabam por nos “treinar” para ladrar excessivamente sempre que quisermos alguma coisa.

O primeiro passo para resolver o problema

Sem dúvida, é descobrir a causa dos latidos em excesso para, posteriormente, iniciar o tratamento. O trabalho de reabilitação só será bem-sucedido se a causa do problema for pesquisada e se houver muita cooperação do dono. Gritar ou ralhar connosco apenas nos confunde, na maior parte das vezes, e funciona como um incentivo para que perpetuemos esse comportamento.

Identificada a causa

Os donos devem pôr em prática algumas dicas para ensinar a ladrar menos. Por exemplo, não dando atenção até pararmos de ladrar. Ou, para que não fiquemos aborrecidos com o silêncio, os donos podem deixar o rádio ligado. Hoje em dia, existem no mercado pet CDs com músicas que nos relaxam e acalmam. Ou, ainda, o enriquecimento do ambiente com feromonas, para diminuir o stress, apaziguar-nos e diminuir o comportamento indesejado.

Também devem prestar atenção a outras formas de comunicação utilizadas por nós

Quando esses sinais aparecem, os donos podem atender-nos e, assim, não vamos aprender que ladrar nos consegue carinho e atenção.

Os donos devem ainda exercitar-nos diariamente, com passeios e brincadeiras

Além de nos ajudar a gastar as energias acumuladas durante o dia, a atividade física ajuda a combater e aliviar o stress, além de trazer inúmeros benefícios à nossa saúde.