O gato tem a consulta em dia?

AE PET gato tereinaria web | Auchan&Eu

Há quanto tempo não leva o seu gato ao médico veterinário?

Existe alguma ideia de que os gatos de interior não precisam de tantos cuidados, por não terem acesso à rua, nem contacto com outros animais e pessoas. Tal não é verdade, devendo os cuidados de saúde manter-se constantes, qualquer que seja o estilo de vida do gato. Além de o gato poder ter contacto com a rua, se fugir de casa ou cair da janela, podem ainda acontecer situações como uma mudança de casa ou até ficar num hotel para animais, por qualquer motivo não previsto.

Em qualquer dos casos, o gato poderá ter contacto com outros animais, estando mais exposto a doenças, se não tiver vacinas e desparasitação em dia. Os tutores também transportam para casa no calçado formas infetantes de pulgas e parasitas internos.

Além disso, a consulta anual destina-se também a um exame geral do gato, podendo detetar-se outros problemas de saúde, que tenham passado despercebidos aos donos.

Os gatos de casa são conhecidos por não gostarem de mudanças, estranhando sempre as saídas. Deixamos algumas dicas para facilitar a ida ao veterinário

  • Esteja descontraído – os gatos pressentem o nervosismo dos donos e ficam ainda mais ansiosos.
  • Dê-lhe guloseimas e carícias – nada como comer algo diferente e gostoso, acompanhado de mimo, para deixar o gato mais descontraído.
  • Deixe tudo pronto de véspera – a caixa de transporte, uma lista de preocupações que quer abordar com o médico veterinário e o boletim de vacinas
  • Mantenha a caixa de transporte aberta num local acessível e não a apresente ao gato apenas no dia da visita ao veterinário – com uma manta no interior e algumas guloseimas. Quem sabe o gato até entra e fica confortável?
  • No carro – coloque a transportadora de forma a não balançar e coberta com uma manta, para limitar as vistas. A utilização de feromonas também ajuda a diminuir o stresse dos felinos durante o transporte
  • Ajude no consultório – a sua presença vai acalmar o gato. Segure-o se necessário, enquanto o acaricia e fala com ele

Conselhos da equipa do Centro Veterinário MyVet