O que acontece quando se grita com eles

AE bebe gritar com eles web | Auchan&Eu

Os gritos do adulto são muito agressivos para as crianças, e provocam uma série de reações contraproducentes e inibidoras que, muitas vezes, são subavaliadas.

Mas afinal o que se passa no cérebro da criança quando alguém grita com ela?

O grito é interpretado como um sinal de perigo, de ameaça. A reação imediata desencadeada é o susto.

Com o susto vem a insegurança e o medo. Os batimentos cardíacos aumentam.

A reação natural ao medo é a fuga. O cérebro diz para sair do local depressa porque interpreta que há perigo, segregando dopamina e adrenalina.

Depois da reação imediata, perdura a ansiedade e a insegurança.

Neste processo, não há lugar para aprendizagem, nem absorção de conhecimento. A criança não consegue ouvir as palavras, apreender ou consolidar.

Ou seja, o grito, para além de provocar reações muito negativas, não pode ser nunca uma forma de explicar, corrigir, ou ensinar. Pelo contrário, funciona sempre de forma oposta e nociva.