Aipo – um aliado para a sua imunidade

O aipo é estaladiço, levemente salgado e, às vezes, até doce. Pode ser adicionado em saladas, sopas, salteados e até batidos e sumos! O aipo é praticamente água (95%) e contém alto teor de fibra, além de uma variedade de nutrientes e antioxidantes.

Acerca do aipo

O aipo (Apium graveolens L) é uma planta da família das apiáceas, e é uma das plantas anuais que crescem em toda a Europa e nas regiões tropicais e subtropicais da África e Ásia. Existem cerca de 30 variedades, que se dividem em dois grupos: o aipo de folhas e talos (ou aipo hortense) e o aipo de cabeça (ou aipo nabo).

É um vegetal de coloração verde clara, com longos ramos fibrosos e crocantes, que são agrupados numa cabeça com folhas. O aipo cru é brilhante e crocante, e macio e flexível quando cozinhado.

O talo de aipo é, muitas vezes, utilizado como ingrediente estritamente aromático nas preparações, devido ao seu sabor subtil e delicado. Mas, quando utilizado como ingrediente principal, combina muito bem com sabores assertivos, como: alho, queijos azuis, estragão e alecrim. Os ramos próximos à cabeça são mais tenros e melhores para utilizar em saladas, os ramos maiores podem ser usados em saladas, mas devem ser descascados. Retiram-se os filamentos duros, cortando cada folha pela base e puxando os filamentos no sentido contrário. As folhas são usadas com menos frequência, mas podem ser utilizadas como uma erva fresca e substituir a salsa em algumas preparações.

Em Portugal está disponível geralmente de Outubro a Junho.

Composição nutricional

O aipo é constituído principalmente por água, que representa cerca de 95% do seu peso e tem alto teor de fibra (um talo grande contém cerca de 1g de fibra). Também apresenta baixo valor energético, assim como baixo teor de lípidos, de açúcares e de sal. Relativamente aos micronutrientes, o aipo contém alto teor de Vitamina K, importante para a normal coagulação do sangue e na formação de ossos e dentes saudáveis. O aipo é ainda fonte de folato e contém uma quantidade significativa de potássio e diferentes compostos antioxidantes como flavonóides e carotenóides (luteína, zeaxantina e beta-caroteno).

Benefícios do aipo

Diversos estudos têm vindo a atribuir um leque de benefícios ao aipo associados ao consumo das sementes, talos e folhas.

Aipo e pressão arterial

Segundo um estudo patrocinado pela British Heart Foundation, vegetais ricos em nitratos podem auxiliar na redução da pressão arterial. Alimentos ricos em nitratos, como o aipo, aumentam a concentração de óxido de nitrato no organismo que, por sua vez, auxilia na dilatação dos vasos capilares e aumento do fluxo sanguíneo, resultando na diminuição da pressão arterial.

Efeito diurético

O aipo pode atuar como um diurético natural, auxiliando o organismo a eliminar toxinas e reduzindo a retenção de líquidos. Este efeito também estará relacionado com o efeito na pressão arterial dos nitratos e ftalatos.

Propriedades antioxidante e anti-inflamatórias

Sabe-se que o aipo tem compostos como os flavonóides, que para além de propriedades antioxidantes, ajudam o organismo a reduzir a inflamação e a reforçar o sistema imunitário. Foram também identificados no aipo, outros compostos com forte poder antioxidante e que ajudam a neutralizar radicais livre como o ácido cafeico, o ácido p-cumárico, o ácido ferúlico, a apigenina, luteolina, tanino e saponina.

Aipo e diminuição do colesterol

O aipo contém fitoesteróides, compostos semelhantes ao colesterol, que bloqueiam a absorção do colesterol proveniente dos alimentos (exógeno), podendo contribuir para a diminuição da concentração de LDL (mau colesterol) no sangue.

Aipo aliado na perda de peso

Devido ao baixo valor energético, assim como baixo teor de lípidos e de açúcares, e pelo seu elevado conteúdo em fibra (aumentando a saciedade), o aipo pode ser um forte aliado na perda de peso, seja ingerido como snack, em sopas ou no prato principal.

Coma aipo pela sua saúde

Pode ingeri-lo cru, ralado em saladas, cozido em água ou num caldo, assado, estufado, gratinado, em purés ou salteado como batatas às rodelas.

Referências bibliográficas:

  1. Wesam Kooti, Nahid Daraei. A Review of the Antioxidant Activity of Celery (Apium graveolens L). J Evid Based Complementary Altern Med. 2017 Oct; 22(4): 1029–1034. Published online 2017 Jul 13. doi: 10.1177/2156587217717415
  2. Moghadam MH, Imenshahidi M, Mohajeri SA. Antihypertensive Effect of Celery Seed on Rat Blood Pressure in Chronic Administration. Journal of Medicinal Food. 2013;16(6):558-563. doi:10.1089/jmf.2012.2664
  3. J Cao, X Zhang, Q Wang. Influence of flavonoid extracts from celery on oxidative stress induced by dichlorvos in rats. Human and Experimental Toxicology. 2011 Nov; 11
  4. Vikas Kapil, Rayomand S. Khambata. Dietary Nitrate Provides Sustained Blood Pressure Lowering in Hypertensive Patients. (2014, November.)
  5. Sobre o Aipo, Centro Vegetariano
Marisa Gomes do Vale
Nutricionista Auchan
Membro da Ordem dos Nutricionistas nº 3066NE