Quero perder gordura. O que faço?

Esqueça as horas e quilómetros infindáveis a correr, andar de bicicleta ou na elíptica.

Atualmente é unanimemente aceite e validado na área do Exercício e Saúde que este não é o melhor tipo de treino para perder massa gorda. Efetivamente, os padrões repetitivos de movimento realizados durante muito tempo podem provocar lesões músculo-esqueléticas.

Por outro lado, o nosso corpo adapta-se. É necessário oferecer-lhe estímulos diferentes se não queremos estagnar e, se perder massa gorda é o objetivo, o intuito será o oposto: variar.

Neste sentido, o Treino Intervalado é um excelente método para alcançar esse objetivo. Este caracteriza-se por períodos intensos de exercício (entre 5 segundos e 8 minutos) alternados com períodos de recuperação (podem ter a mesma duração). As grandes vantagens deste tipo de treino são: permite queimar mais calorias durante e após o exercício, e dura menos tempo (fundamental para quem tem uma vida muito preenchida).

Conjugar o Treino Intervalado com o Treino de Musculação é “a cereja no topo do bolo”.

O Treino de Musculação permite aumentar a massa muscular (o que ajuda a eliminar a massa gorda) e queima mais calorias após o treino.

Quanto às senhoras que têm receio de ficar com uma definição corporal mais máscula: estejam descansadas, não há motivo para tal. Nós produzimos 10 vezes menos testosterona em repouso que os homens. Além disso, temos uma resposta (muito) menos acentuada desta hormona ao treino de força. Por isso, não há desculpa!
O nosso metabolismo pode ficar acelerado entre 24h a 48h após um treino de musculação, o que significa que podemos estar a queimar calorias mesmo sem esforço (por exemplo, estando sentados).

Em resumo, se o objetivo é perder gordura, o ideal é combinar um treino intervalado com um treino de musculação: ou seja, um circuito.

Ana Ferro, Mestre em Ensino da Educação Física, Instrutora de CardioFitness e Musculação, Personal Trainer.

Referências Bibliográficas:

  • Farinatti, P., Neto, A., G., Silva, N., L. (2013). Influence of Resistance Training Variables on Excess Postexercise Oxygen Consumption: A Systematic Review. International Scholarly Research Notices, 1-10.
  • Kravitz, L. (2014). High-Intensity Interval Training. American College of Sports Medicine.
  • Trapp, E.,G., Chisholm, D.,J., Freund, J., Boutcher, S.,H. (2008). The effects of high-intensity intermitent exercise training on fat loss and fasting insulin levels of young women. International Journal of Obesity, 32 (4), 684-691.
PUB PUB