Horário de verão: aproveitar melhor o dia, melhorando a sua saúde

Mais horas de luz solar, quem não gosta? Ok, algumas pessoas podem não gostar. Afinal, acordar uma hora mais cedo poderá não ser “a melhor coisa do mundo”… Por outro lado tem mais uma hora no final do dia para aproveitar!

Há quem demore algum tempo a adaptar o organismo, há quem valorize as horinhas extra de sol… tudo depende da sua rotina. A verdade é que, algum tempo depois da troca, passamos a valorizar as horas de sol que ganhamos com o novo horário de verão!

Deixamos-lhe algumas dicas para aproveitar e potenciar da melhor forma o horário de verão, melhorando a sua saúde e bem estar:

  1. Não há problema se necessitar de algum tempo para se adaptar
    A maioria das pessoas demora aproximadamente uma semana para adaptar o seu organismo e rotina aos novos horários de acordar, deitar, etc. Mantenha a calma, é um processo!
  2. Coloque o despertador para 15 minutos antes e vai sentir a diferença
    “Já não basta acordar mais cedo e ainda queres que eu coloque o despertador a tocar antes?!”.
    Calma, está tudo bem – esta é uma dica simples e que poderá ser útil. Repare: o toque do despertador e o próprio processo de despertar aumenta no nosso corpo a produção de cortisol, a hormona responsável pelo stress. Assim, durante esses 15 minutos em que fica “a acordar”, poderá diminuir esse mesmo efeito, levantando-se com outra energia.
  3. Abra as janelas e deixe o sol entrar!
    Não só a luz solar pode contagiar-nos com energia como também acaba por poupar energia elétrica (quem não quer poupar?). No verão, acenda as luzes apenas quando for realmente necessário!
  4. Faça refeições leves e tenha (ainda mais) cuidado com a sua alimentação
    Os horários das refeições merecem cuidados redobrados: procure fazer as refeições às mesmas horas de antigamente. Será importante aumentar a ingestão de líquidos (ajudam na readaptação e hidratação do organismo), consumir alimentos mais leves como fruta, verduras e legumes, dar preferência às carnes magras e comer de 3 em 3 horas.
  5. Beba muita água
    Claro – deve beber muita água durante todo o ano. Mas no verão, esta dica é especialmente importante devido às temperaturas mais altas que fazem com que o nosso corpo transpire mais e, por consequência, perca mais água. Se mantiver a ingestão de água como no resto do ano, o corpo poderá ficar desidratado, aumentando a sensação de fadiga. Beba no mínimo 2 litros de água por dia nesta altura mais quente. Claro que também pode (e deve) aproveitar para se refrescar: na piscina, no mar ou até num rio.
  6. Terminou o dia de trabalho? Caminhe ou disfrute do parque mais próximo
    Terminou o seu dia de trabalho, sai do escritório e ainda é dia! Está um sol magnífico e há que aproveitar. Há várias formas de desfrutar dessas horas de sol: uma caminhada com uma boa companhia, passear pelo parque com os miúdos ou, se tiver a sorte de viver perto, uma ida rápida à praia (talvez até com mergulho incluído!).
  7. A atividade física irá dar-lhe uma nova vida!
    Aproveite o sol para praticar atividade física que a desperte: bicicleta, corrida, spinning ou um bom circuito de exercícios no parque ou à beira mar. Se preferir atividades mais relaxantes, o Yoga ou a meditação também poderão ser opções. Por fim, se é daquelas pessoas que só imagina água quando vê o sol, poderá fazer uma sessão de natação: é uma atividade bastante completa (trabalha vários grupos musculares) e poderá despender até 540 calorias numa hora de treino!
  8. Evite estimulantes à noite
    O seu sono (pelo menos numa primeira fase) provavelmente já estará desregulado por si só, portanto evite beber café, refrigerantes ou bebidas alcoólicas à noite.
  9. Durma mais cedo
    Parece uma dica tão óbvia, mas a verdade é que pouca gente o faz: uma das melhores formas de estar com mais energia é dormindo um pouco mais. Deite-se mais cedo e descanse, principalmente no início do horário de verão. Por exemplo, se costuma deitar-se às 23.00h mantenha essa rotina, mesmo que ainda não tenha sono – isto ajudará a estabelecer a nova rotina de sono no organismo.
  10. Antes de dormir coloque a tecnologia de parte
    Ok, já está se deitou e continua sem sono, certo? Experimente o seguinte: não veja televisão, tablet ou telemóvel. A luz destes dispositivos despertará o seu cérebro e provavelmente irá fazem com que fique sem sono. Portanto experimente “desligar” do mundo, o sono irá surgir.

 

Filipe Costa
Técnico de Exercício Físico nº 26546
Instituto Português do Desporto e Juventude

PUB PUB