Como escolher cartões de memória de forma simples

A nossa memória e recordações são, hoje em dia, captadas e guardadas em aparelhos dos mais variados tipos. Desde smartphones, a computadores, máquinas fotográficas, etc… Muitos deles, usam os muito práticos cartões de memória para guardar a informação. E a sua escolha é muito importante, sem ter de ser complicada. As descrições técnicas das várias opções por vezes dificultam a tarefa. Por isso, vamos ver o que significa cada especificação, para poder escolher mais simplesmente.

Como escolher cartões de memória de forma simples

Tipos de cartão

Primeiro há que perceber as várias opções que temos ao dispor. Embora existam muitas, as mais comuns são:

  • Secure Digital (SD)
  • MicroSD

A maioria das máquinas fotográficas digitais funciona com cartões SD. Algumas mais sofisticadas, como máquinas fotográficas profissionais, até têm 2 cartões. Os smartphones e outros aparelhos funcionam com microSD.

Cartões SD, SDHC e SDXC

Este tipo de cartões evoluiu muito nos último anos. Os originais têm apenas a denominação de “SD” e já são poucos os que optam por esta compra. Os cartões SDHC e SDXC são evoluções e diferem na capacidade de armazenamento. Os originais cartões SD armazenam até 2 GB, enquanto que os SDHC comportam entre 4GB e 32GB, e os SDXC podem elevar a capacidade de 64GB a 2TB.

Atenção que nem todos os equipamentos suportam os cartões SDXC.

Capacidade de armazenamento

O número associado à capacidade de armazenamento está devidamente assinalado nas especificações do cartão. No entanto, não terá a capacidade total disponível pois é necessário um pouco de espaço para o sistema de ficheiros. Mas é uma boa referência e simples de entender.

Velocidade de transferência

Não é só uma questão de capacidade, mas também o tempo que demora a ler e gravar ficheiros no cartão de memória. A isso chama-se velocidade de transferência e está classificada por “classes”. Podem ser de 2, 4, 6, 8 ou 10 e quanto maior a classe, maior a velocidade de transferência. Esta é uma característica muito importante porque equipamentos mais recentes, como por exemplo câmaras de vídeo em 4K ou mais, só funcionam com cartões que consigam gravar a informação muito rapidamente. Nestes casos, apenas funcionam os cartões de classe 10.

Aparte as questões técnicas, é senso comum que será sempre melhor ter vários cartões de memória. Eles podem-se corromper com facilidade e convém ter sempre alguns extra para substituir.