Como escolher uma máquina fotográfica?

A fotografia é cada vez mais universal. Com o evoluir da tecnologia, a capacidade de tirar boas fotografias está ao alcance de qualquer smartphone. Contudo, para os verdadeiros amantes da fotografia, a máquina fotográfica continua a ser o ponto de partida para um mundo infinito de possibilidades. E aqui também temos assistido a uma grande evolução da tecnologia.

Por isso, se está a pensar em comprar uma máquina fotográfica digital, vai de certeza ficar com a dúvida de que máquina comprar.

Muito mais do que decidir os megapixels ou as características mais detalhadas, há uma primeira escolha que deve fazer: qual o tipo de máquina escolher.
Aqui vai uma ajuda.

Compactas
São máquinas como o próprio nome indica mais pequenas e capazes de caber num bolso. Apesar de terem características técnicas bastante avançadas, a principal característica tem a ver com a lente que é fixa. Ou seja, a lente faz parte do corpo da máquina e não a consegue mudar.

Reflex
São as máquinas mais comuns de associar a fotografia amadora ou profissional. A principal característica é que o corpo e a lente são elementos separados. Consoante as necessidades, consegue mudar as lentes entre normais, grande-angulares, tele-objetivas, macros, etc…
São também máquinas maiores e o conjunto do corpo e lente já ocupa mais espaço.
Esta é a escolha habitual de quem pratica fotografia com mais preocupações técnicas e para quem procura uma solução que possa ser atualizada ao longo do tempo. Mesmo que comece apenas com um tipo de lente, pode adquirir depois outras lentes sem ser preciso mudar o corpo da máquina.
Mas atenção, aqui as marcas fazem a diferença porque cada uma tem um sistema de encaixa de lentes próprio. Ao adquirir uma máquina de uma determinada marca, as lentes que comprar depois terão de ser compatíveis com o seu sistema de lentes.

“Mirrorless”
É um sistema mais recente e é muito idêntico às máquinas reflex. O corpo e as lentes também são elementos separados, mas como mecanicamente têm uma construção diferente, sobretudo assente em componentes digitais, o tamanho e peso do corpo da máquina é bastante inferior.
Continua com a facilidade de mudar de lentes consoante as necessidades e ainda consegue aproveitar lentes nativas para máquinas reflex utilizando adaptadores.

Agora que já conhece os principais tipos de máquinas fotográficas, aqui ficam várias opções para que possa passar à próxima etapa da escolha.

PUB PUB