Como poupar energia na cozinha

Os eletrodomésticos desempenham um grande papel nas nossas casas. Alguns são mesmo essenciais, como o frigorífico. Outros facilitam tanto a nossa vida, que nem sabemos como viver sem eles.

O lado menos bom dos eletrodomésticos é a fatura da eletricidade. Assim, estima-se que cerca de 20% do consumo energético de uma casa seja gerado pelos eletrodomésticos. A maior fatia cai sobre os eletrodomésticos que arrefecem ou que aquecem. Em suma, frigoríficos, arcas congeladoras, de um lado, e fornos, fogões e cafeteiras de outro. Logo a seguir, os eletrodomésticos que usam água, como máquinas de lavar roupa e louça.

Veja como poupar energia na cozinha

Escolha eletrodomésticos mais eficientes

A melhor forma de poupar energia é mesmo tendo eletrodomésticos que consumam menos. Por mais eficiente que tente ser, no seu dia-a-dia, se os eletrodomésticos não o forem, o impacto na fatura de energia será grande.
Deste modo, basta estar atento à etiqueta energética dos eletrodomésticos. A classificação mais elevada é A+++ e, claro, será essa a opção mais eficiente. Tipicamente, os eletrodomésticos mais antigos serão menos eficientes. Mas isso não significa que deva ir a correr trocar todos de uma vez! Faça a sua opção medindo os prós e os contras.

Considere o tamanho certo para as suas necessidades

Regra geral, quanto maior for o eletrodoméstico, mais irá consumir. O que não significa que não seja eficiente! Mas poderá não precisar de toda aquela energia, certo?
Assim, considere a capacidade que precisa, para cada eletrodoméstico, e compre a dose certa.

Desligue os eletrodomésticos

Claro que isto não se aplica a todos. Mas aqueles que puder desligar, faça-o. O modo standby pode ser muito prático, mas implica os eletrodomésticos estarem sempre a consumir energia… mesmo quando tal não é necessário.

Poupe enquanto cozinha

A forma como prepara ou aquece os alimentos também afeta o consumo energético. Por exemplo, aquecer as sobras de uma refeição num micro-ondas é mais eficiente do que fazê-lo no fogão. Conheça algumas dicas:
Aqueça água numa cafeteira elétrica em vez de no fogão. Pode depois passar para uma panela, quando estiver a ferver
Aqueça apenas a água que precisa
Coloque sempre as tampas nos tachos e panelas. Desta forma, a água irá aquecer mais rapidamente, por haver menor perda de calor
Desligue o lume uns minutos antes da comida estar pronta. Especialmente se tiver um fogão elétrico, pois conserva o calor por algum tempo
Quando cozinhar no forno, verifique o estado do cozinhado através do vidro, se possível. Ao abrir a porta do forno, estará a perder o calor gerado

Poupe enquanto refrigera

Além de ter o frigorífico com a capacidade adequada à sua família, há alguns cuidados que pode ter, para reduzir o consumo, como:

  • Não coloque comida quente no frigorífico, deixe arrefecer no exterior primeiro
  • Reduza a quantidade de vezes que abre a porta do frigorífico. De cada vez que o faz, o frigorífico precisa de consumir mais energia para regular a temperatura novamente
  • Garanta uma distância de 10 cm entre a parte de trás do frigorífico e a parede, para que o calor gerado possa fluir com maior facilidade
PUB PUB