Centrifugadoras ou liquidificadoras?

Centrifugadoras ou liquidificadoras? Saiba as diferenças

Gosta de sumos caseiros? São deliciosos, não são?! Em teoria, podemos fazer mil e uma combinações de frutas e vegetais. Porém, há um detalhe que pode condicionar o resultado final: a tecnologia usada para os fazer. Curioso? Vamos explicar!

Sem grandes segredos, a utilização de um espremedor de sumos é a forma mais habitual.

E que já vem do tempo dos nossos tetra-avós! Mas há frutas e vegetais que não se espremem, correto? Então, como os transformar em sumo?
Existem duas opções de pequenos eletrodomésticos que podem ajudar: as centrifugadoras e as liquidificadoras.

Mas qual é a diferença entre centrifugadoras e liquidificadoras?

As centrifugadoras separam o líquido da polpa, enquanto as liquidificadoras reduzem a líquido, triturando, em alta velocidade, o que lá for colocado. Mas há mais diferenças.

Por um lado, as centrifugadoras conseguem separar as fibras dos alimentos.

No líquido ficam as solúveis, enquanto que na polpa ficam as não solúveis. O resultado é um sumo que é digerido de forma mais rápida pelo organismo e onde os nutrientes são quase todos absorvidos.

Por outro lado, as liquidificadoras mantêm os dois tipos de fibras.

O tipo de sumo que produz é absorvido com mais lentidão pelo organismo levando, em muitos casos, a que a sensação de saciedade se prolongue. Para além disso, com as liquidificadoras consegue-se usar quase todo o tipo de frutas e vegetais. Como, por exemplo, a banana e o abacate.

Por último, outra grande diferença tem a ver com o espaço ocupado.

Se a cozinha for bastante pequena, ou se já está muito cheia, a liquidificadora é a melhor opção. As centrifugadoras são máquinas maiores e ocupam mais espaço.

Se a indecisão se mantiver, nada melhor do que percorrer algumas das nossas opções:

Depois da decisão tomada, nada melhor do que começar a praticar!

Aqui ficam também algumas sugestões sobre sumos:

Centrifugador De Fruta Compacta Qilive