Um bom cappuccino sempre à mão

Os italianos conseguiram aprimorar a arte do café e imprimir o seu cunho nas suas variedades, bebidas em todo o Mundo!

Veja a quantidade de bebidas de café que eles conseguiram inventar:

Expresso

Nesta bebida popular entre nós, uma pequena quantidade de água a ferver é forçada com alta pressão através de grãos de café moídos de forma fina.

Macchiato

Uma espécie de compromisso entre um expresso e um cappuccino, sendo mais fraco que o primeiro e mais forte que o segundo. Para fazer um Macchiato, tira-se um Expresso e junta-se 1 ou 2 colheres de chá de leite fervido e um pouco de espuma.

Corretto

A versão italiana do café com cheirinho! Trata-se de um Expresso com um licor à escolha.

Expresso com Panna

Panna são natas, por isso este Expresso, que pode ser duplo, é preparado colocando uma dose generosa de natas por cima do Expresso.

Al vetro

Poder-se-ia dizer que se pede um café Al vetro, ou num copo de vidro, para que arrefeça mais rápido. Mas, na verdade, os italianos inventaram esta forma de apresentar o café puramente por estética – afinal, o design está no ADN italiano!

Schiumato

É um Macchiato sem o leite – só a espuma de leite!

Decaffeinato

Como o nome indica, esta bebida não tem cafeína.

Shakerato

Para os dias quentes de verão, um Expresso com cubos de gelo e adoçado com algum tipo de xarope.

Marocchino

Servido num copo de vidro, é um Expresso curto ou normal com pó de cacau e espuma de leite. Em algumas regiões de Itália, adicionam cacau quente bem espesso.

Nocciolato

Popular em Nápoles, é um Expresso servido com creme de avelã caseiro. Pode ter várias variações, servido com gelado ou frio e doce.

Doppio

É muito simplesmente um café duplo, ou Expresso duplo.

Americano

O Americano é um Expresso mais fraco, com maior quantidade de água. Prepara-se com um Expresso tirado normalmente, ao qual se adiciona água a ferver.

 

E, claro, o cappuccino!

Existe o mito que um bom cappuccino só pode ser feito por um barista de café. Mas um cappuccino feito em casa pode ser igualmente delicioso.

Conheça as nossas dicas para preparar um cappuccino em casa. Sempre que lhe apetecer!

  • é preciso alguma experiência para dominar a técnica. Seja paciente e não desista à primeira (ou à segunda);
  • uma boa máquina de café é essencial. Com função de cappuccino, claro;
  • ative a função de vapor durante 2 segundos, para eliminar possíveis gotas de água;
  • deite 85 ml de leite fresco num recipiente de metal. O melhor leite é o gordo, resultando na textura aveludada que é característica;
  • mergulhe a ponta do braço de vapor no leite e ligue o vapor. Com a espuma a aumentar, reduza a força do vapor e mantenha sempre a ponta submersa. Não misture;
  • pare o vapor quando o leite atingir 65º e o dobro do volume;
  • bata com o recipiente na bancada para comprimir a espuma;
  • tire um expresso numa chávena de cappuccino;
  • deite a espuma de leite na chávena, começando pelo centro e fazendo movimentos circulares até à lateral.

Para um resultado mais original, pode experimentar fazer desenhos com a espuma. Para isso, tem de inclinar a chávena e ir desenhando a figura com o leite, à medida que o deita.

PUB PUB