Poupar água em tempo de seca

Portugal tem vindo a atravessar períodos de seca, causados por falta de chuva e temperaturas anormalmente altas. É por isso importante estarmos todos conscientes para poupar água no dia-a-dia.

As condições climatéricas foram já responsáveis por terríveis vagas de incêndios. Na agricultura, as colheitas ficam comprometidas. Por fim, o baixo nível de água nas barragens traz dificuldades, no fornecimento de água potável, às populações.

Para fazer face a esta difícil situação, precisamos todos de dar o nosso contributo.

Por isso, trazemos-lhe alguns conselhos para poupar água no dia-a-dia.

Em casa

Na casa de banho, deve evitar por completo os banhos de imersão e os duches devem ser rápidos. Enquanto toma duche, deve desligar a água enquanto se ensaboa. O mesmo se aplica no lavatório: deve fechar a torneira enquanto lava as mãos, escova os dentes ou durante o barbear. O autoclismo deve ser usado o mínimo possível, e se possível, ter um botão que faça uma descarga parcial da água. Além disso, para consumir ainda menos água, pode introduzir uma garrafa de água de plástico cheia dentro do depósito.

A cozinha é o outro local de grande consumo de água nas nossas casas, principalmente no que respeita a lavagens. Sempre que tiver pouca loiça ou roupa para lavar, deve fazê-lo à mão e não na máquina. Quando utilizar as máquinas de lavar, deve sempre enchê-las, já que assim gastam menos água. Se estiver prestes a comprar uma nova máquina de lavar, opte pelas que têm menor consumo de energia e água.

Deve também ter atenção às torneiras nas várias divisões da casa. Nunca as deixe mal fechadas ou a pingar, já que assim se perdem vários litros por dia! Caso tenha alguma torneira defeituosa que não feche bem, pode evitar desperdícios enquanto não chega o canalizador: recolha a água ao longo do dia em alguidares e depois reutilize-a para limpezas, higiene, rega de plantas, ou simplesmente despeje-a na sanita em vez de puxar o autoclismo.
É também aconselhável a utilização de difusores de água. Estas pequenas peças circulares são de fácil instalação, embora devam ter um tamanho compatível com o da boca da torneira. Quando colocados, os difusores reduzem o caudal, acrescentando “ar” ao fluxo de água que vem dos canos e diminuindo o consumo.

Fora de casa

Nunca regue o jardim durante o dia ou nas horas de maior calor – alturas a água evapora-se mais depressa. Perceba quais são as plantas que precisam de menos água e evite regá-las sem necessidade, e se possível, utilize água de poços e ribeiros, já que não é necessário que a água de rega seja potável.

Se tiver uma piscina, esta não é a altura para a encher. Ao fazê-lo, pode estar a utilizar água que outras pessoas precisam para necessidades mais urgentes. Se precisar de lavar o seu carro, utilize baldes de água em vez da mangueira e, se possível, lave apenas os vidros! Por fim, sempre que detetar alguma fuga de água na via pública, avise imediatamente os serviços municipais!

Alguns conselhos finais:

  • Armazenar: tenha à sua disposição garrafões de água em casa, para o caso de sucederem cortes de água. Se tal acontecer, armazene só a quantidade de que vai necessitar.
  • Reutilizar: de um modo geral, toda a água que lhe sobrar de lavagens, refeições, etc., deve ser guardada e reutilizada. Aproveite os garrafões, garrafas e recipientes vazios que tiver à mão!

Conheça os nossos arejadores de caudal, fáceis de aplicar nas torneiras e que reduzem o consumo de água até 50%:

Poupar água no dia-a-dia é importante e essencial. Para que todos possamos viver sem escassez de água. Esteja atento às nossas dicas para um bom planeta.