Risoto de Shitake

AE VS risotto shitake web | Auchan&Eu
Auchan e Alexandra Mendes Ribeiro
  • Fácil
  • Mais de 1 hora
  • 4 pessoas
Download receita

Um risoto de cogumelos feito de arroz integral! Uma forma de aproveitar sobras de arroz cozido. E uma bem deliciosa por sinal!

Energia (kcal) :
273
Lípidos (g) :
7
Saturados (g) :
1
Hidratos de Carbono (g) :
43
Açúcares (g) :
3
Fibras (g) :
5
Proteínas (g) :
7
Sal (g) :
2,27

Ingredientes

Comprar online

Preparação

  1. Base:
    Demolhe o arroz integral de um dia para o outro.

  2. Depois escorra a água, passe num peneiro de trama fina, lave e coza nos 600 ml de água a ferver, em lume médio, até a água desaparecer. Retire do lume e arrefeça num peneiro de trama fina.

  3. Caldo aromático com legumes:
    Lave a cenoura e a rama do alho francês, corte em quadrados pequenos. Aqueça uma panela, adicione a colher de sopa de azeite e refogue os legumes até ficarem macios. Adicione a água e o sal e ferva por 5 minutos.
    Triture o caldo aromático e reserve, mantendo-o quente.

  4. Risoto:
    Descasque a cebola e o alho e pique ambos. Lave e limpe os cogumelos e lamine-os. Reserve 4 cogumelos, laminados, para desidratar.

  5. Aqueça um wok, adicione o azeite, o alho e a cebola. Refogue em lume médio, envolvendo, até a cebola ficar translúcida.

  6. De seguida adicione o alecrim picado e os cogumelos laminados. Continue a envolver, reduzindo o lume até os cogumelos começarem a largar água.

  7. De seguida, adicione uma colherada de arroz cozido e envolva. Junte também uma boa colherada de caldo (concha de sopa), ao arroz e envolva novamente, até evaporar o caldo.

  8. Vá adicionando arroz e caldo sucessivamente, até não haver mais caldo. No final adicione uma colher de sopa de shoyu e envolva.

  9. À parte, desidrate, numa frigideira quente, os cogumelos laminados de sobra, até perderem a água/murcharem. Decore por cima do empratamento do risoto e cebolinho picado.
    Dica do chefe:
    Acompanhe com verdes salteados em alho ou cozidos a vapor. Exemplos: Couve Kale, coração, lombarda, penca, espinafres...
    Esta receita também é uma forma de aproveitar o arroz cozinhado quando sobra.

Dica do nutricionista

Uma alimentação de base vegetal tem vindo a ter cada vez mais adeptos. Esta receita é apta para pessoas que seguem uma alimentação vegetariana estrita ou vegan, que inclui apenas alimentos de base vegetal e exclui todo o tipo de produtos de origem animal.

Independentemente do tipo de dieta que segue, lembre-se que ela deve ser completa, variada e equilibrada. Isto também é possível numa dieta estritamente vegetariana. Informe-se e seja saudável!