Espetadas de seitan

Auchan e Alexandra Mendes Ribeiro
  • Fácil
  • Menos de 1 hora
  • 4 pessoas
Download receita

Qual o truque do seitan? O tempero! Estas espetadas de seitan têm uma pitada de vários ingredientes, para uma experiência vegetariana incrível.

Energia (kcal) :
342
Lípidos (g) :
7
Saturados (g) :
1
Hidratos de Carbono (g) :
38
Açúcares (g) :
3
Fibras (g) :
5
Proteínas (g) :
29
Sal (g) :
1.40

Ingredientes

Comprar online

Preparação

  1. Comece por temperar os quadrados de seitan e a curgete, juntos, com o molho de soja, pimentão doce, alho em pó, gengibre ralado, uma colher de sopa do azeite e metade do sal marinho. Envolva cuidadosamente e deixe marinar durante 30 minutos. Depois faça as espetadas intercalando a curgete com o seitan e leve a grelhar, num grelhador bem quente, em lume médio, regando com a marinada, durante 10 minutos.

  2. Lave a quinoa, num peneiro de trama fina e coza em lume médio durante 12 minutos, com o dobro de água a ferver. Reserve.

  3. Lave e rale a beterraba, descasque e pique bem a cebola.

  4. Leve um tacho ao lume, aqueça e adicione o restante azeite, a cebola picada e o sal marinho.

  5. Adicione arroz basmati, previamente lavado em água corrente, num peneiro de trama fina, e coza com o dobro da água, em lume brando/médio, por 10 a 12 minutos, com o tacho tapado.

  6. No final, misture a beterraba ralada, a quinoa cozida e coentros picados.

  7. Envolva tudo com um garfo e emprate com as espetadas.
    Dica do chefe:
    Para evitar que os pauzinhos das espetadas se queimem, antes de fazer as espetadas, mergulhe-os em água 30 minutos antes. Esta sugestão, ajudará a mantê-los húmidos e na altura de grelhar, impedirá de se queimarem.

Dica do nutricionista

O seitan é um preparado produzido a partir da farinho do trigo, sendo essencialmente glúten de trigo. É usado frequentemente como substituto da carne pelo seu alto teor proteico e pela textura e aspecto semelhantes. Não está claro se a receita provém da Índia ou da China, mas está historicamente associado às gastronomias chinesa, japonesa e indiana. Pode ser confeccionado, às fatias ou cubos, em estufados, guisados, grelhados, assados, panados e em recheios (lasanha, empadão).
O seitan deve ser evitado por pessoas com doença celíaca e alérgicas ao glúten.

PUB PUB