Tartaruga Aquática

Tartaruga Aquática

Resistentes e adaptáveis, resistiram e sobreviveram às mudanças do nosso planeta.

As Tartarugas Aquáticas são répteis com carapaça e existem há mais de 150 milhões de anos. Conseguiram sobreviver a todas as mudanças do planeta.

  • Família: Cheloniidae e Dermochelyidae
  • Comprimento médio: 70-95 cm
  • Peso médio: 80-200 kg
  • Expectativa de Vida: 40 anos

Temperamento

Apesar de habitarem os oceanos, é na areia das praias que as fêmeas enterram os seus ovos. Deles nascem as tartaruguinhas que enfrentam os oceanos para iniciar a sua longa caminhada solitária. Permanecem submersas grande parte do tempo que estão no mar, o que as torna extremamente difíceis de estudar. Vivem em alto mar ou em regiões costeiras, dependo da idade e do alimento que procuram, e raramente interagem umas com as outras.

Cuidados a ter

A Tartaruga Aquática prefere alimentar-se de peixes de água doce aos pedacinhos, caracóis, gafanhotos e outros insetos. Mas também pode comer ração para carnívoros e alguma fruta (20%) ou então alimentação enlatada,
à venda nas lojas de animais. Ela deve, desde o início, ter um padrão alimentar regular, dado que reage mal a mudanças na alimentação. Dê-lhe de comer enquanto está dentro de água, pois de outro modo ela não quererá.
Por fim, o aquário deve ser limpo com regularidade. As fezes podem ser aspiradas ou então instalar um filtro próprio para o efeito.

Alojamento

O tamanho do aquário depende do tamanho da tartaruga. Para tartarugas recém-nascidas, um aquário de 30x20x20 cm é suficiente. É necessário um local seco com rampa, para que possam sair da água. A profundidade da água deve ter no mínimo o mesmo comprimento da tartaruga, de modo que ela consiga ficar em pé dentro de água. Não tape o aquário com vidros, porque o ambiente ficará demasiado húmido para as tartarugas, podendo mesmo provocar doenças.

Características inatas

A Tartaruga Aquática distingue-se por dois aspetos: Hibernação: Com o chegar do outono e a diminuição da intensidade da luz, a tartaruga vai tendencialmente reduzindo a sua atividade, permanecendo mais tempo no refúgio e nos locais mais escuros com a cabeça esticada. E o seu apetite diminui até desaparecer por completo. Um mês antes deste período deve levá-la ao veterinário para um check-up total. Durante esta fase, o aquecimento e a iluminação devem ser desligados, mas o filtro e as ventilações devem manter-se ligados, para evitar que as suas condições de vida se deteriorem. Mantenha a água abaixo dos 18°C durante alguns dias, até que a tartaruga apresente quase nenhuma atividade.

Saúde

As tartarugas são frágeis e não têm qualquer mecanismo fisiológico para compensar assimetrias térmicas. Evite, por isso, a sua exposição a mudanças bruscas de temperatura.