Prevenir golpes de calor em cães

AE pet calor web | Auchan&Eu

Com o tempo quente, é muito natural que as atividades em família, cão incluído, se passem no exterior. Afinal, apetece aproveitar a natureza e todos em casa agradecem esse contacto.

Para os cães, é muito importante esse contacto, para os manter ativos e saudáveis, principalmente cães de maior porte. No entanto, o tempo quente também traz o problema do calor excessivo. E com as ondas de calor, cada vez mais frequentes, é preciso estar atento ao fenómeno dos golpes de calor.

O golpe de calor pode ocorrer quando o cão não consegue regular a sua temperatura interna, que se eleva a níveis perigosos. Sem ser tratado, um golpe de calor pode despoletar uma série de problemas de saúde bastante graves e pode ser fatal.

Quais os sinais de um golpe de calor?

  • Respiração demasiado ofegante
  • Baba excessiva
  • Dificuldade em respirar
  • Vómitos
  • Diarreia
  • Fraqueza
  • Falta de coordenação
  • Colapso
  • Convulsões

Se suspeitar que o cão pode estar a desenvolver um golpe de calor, leve-o de imediato ao médico veterinário.

Como prevenir?

A melhor forma de o evitar é através da prevenção, com comportamentos e cuidados adequados à temperatura e/ou nível de humidade.

  • Mantenha o cão dentro de casa quando estiver sozinho, ou limite as saídas à rua para as necessidades quando estiver muito calor.
  • Se tem ar condicionado, considere ligar para manter uma temperatura amena no exterior.
  • Garanta que tem sempre água limpa e fresca, e sombra à disposição.
  • Leve o cão a passear de manhã bem cedo ou à noite.
  • Nunca deixe o cão no carro se tiver um cão idoso, obeso ou com problemas respiratórios.

Conselhos da equipa do Centro Veterinário MyVet

Dr Nuno Sousa, OMV 4177