Pode-se dar banho ao cachorro?

AE pet 0005 pet 20set AdobeStock 402191951 | Auchan&Eu

Os cachorros são muito agitados e é natural que a partir do momento que começam a sair à rua se sujem durante os passeios e na brincadeira.

Podemos dar banho ao cachorro?

O banho é aconselhável depois de terminado o protocolo de vacinação. O ideal é pedir conselho ao veterinário, porque se estivermos numa estação muito fria e húmida existem algumas raças que podem ser mais sensíveis e ser mais seguro adiar o banho, mesmo terminada essa fase das vacinas.

Existem alternativas ao banho que podem ajudar se o cachorro não estiver muito sujo: champô seco, toalhitas, etc. As lojas de animais têm várias soluções adequadas. No entanto, se o cachorro tiver mesmo de tomar banho, o mínimo para assegurar que não haja problemas de saúde é já ter levado a vacina múltipla, que inclui uma proteção contra cerca de 12 doenças virais e bacterianas. Mais uma vez, o importante é confirmar com o veterinário porque muitas vezes “cada caso é um caso”. Nesta situação, é de evitar o contacto com outros cães para prevenir a possibilidade de contágio, já que o cachorro estará fragilizado.

Como a imunidade do cachorro ainda não está 100%, se decidir dar banho deve usar uma banheira adequada e higienizada, champô para cachorros, e ter especial cuidado com a secagem do pelo, incluindo orelhas (para evitar otites). A água deve estar morna mesmo que o tempo esteja quente e não deve derramar água por cima da cabeça para não entrar água para os ouvidos. Se quiser pode proteger as orelhas com bolas grandes de algodão. Seque bem o pelo primeiro com uma toalha e depois com um secador numa temperatura baixa. No final resguarde o cão: não saia à rua, nem o deixe sujeito a correntes de ar.