3 dicas para levar o gato a passear

Os gatos caseiros têm uma especial curiosidade pelo ar livre, apesar de estarem habituados a estar em casa. Sair para passear, para gatos que vivem na cidade, pode ser uma aventura estimulante para todos. Se o gato for habituado desde pequeno, vai apreciar a mudança de cenário sem medo e de forma pacífica.

Se tiver um gato muito nervoso, e que se assusta facilmente, os passeios podem não ser adequados porque vão apenas aumentar o “stress”. Mas se o gato tiver um temperamento de explorador então… experimente!

Onde podemos levar o gato a passear?

Passear o gato num jardim que seja seguro, pouco frequentado e, de preferência, sem a presença de cães, é um bom exercício para gatos sedentários. Explorar os espaços, esfregar-se na relva e na terra, afiar as unhas nos troncos das árvores são atividades que ele vai adorar.

Quais os benefícios?

Os gatos que vão passear com os donos à rua, desde cedo, têm menos receio de viajar, andar de carro, contactar com pessoas diferentes. Ou seja, tornam-se menos medrosos, mais calmos e mais sociáveis.

A relação de confiança entre o dono e o gato também sai reforçada destes passeios.

Como assegurar um passeio em segurança?

O gato deve passear sempre com uma trela segura e confortável. Existem trelas adequadas para cada gato em função do peso e da idade. Para escolher a trela e peitoral corretos peça ajuda ao veterinário do seu pet. Conheça ainda as nossas dicas para habituar o gato a usar a trela.

O seu patudo ainda não é membro do Auchan Pet Club?