Quando os gatos nos lambem e mordem…

Os gatos usam a língua para a sua higiene pessoal e para pentear o pelo. Quando têm o mesmo comportamento com os donos significa que reconhecem que fazemos parte do seu grupo. Também pode ser interpretado como uma demonstração de afeto desde que não seja excessivo.

Quando os gatos mordem, e não magoam, estão simplesmente a brincar.

Se não estiverem tensos, nem eriçados ou curvados o que revela agressividade, então as mordidelas fazem parte da brincadeira.

Os gatos também podem optar por morder como forma de aviso.

Pode acontecer porque uma determinada situação não lhes agrada. Este aviso é acompanhado de um miado. Podem estar a avisar que já não querem a interação com o dono, para que ele saiba que tem de parar (de abraçar, de fazer festas, de escovar o pelo, etc.). Se o dono não parar pode seguir-se um arranhão desagradável.

Quando o gato morde e magoa, deve parar de interagir e afastar-se.

Durante algum tempo ignore o gato mesmo que ele tente regressar. Com o tempo, ele vai perceber que as dentadas implicam um afastamento e irá optar por evitar este comportamento.

PUB PUB