Antes de sair de casa despeça-se de todos. Do gato também!

Quando saímos de casa os nossos patudos, incluíndo os gatos, ficam ansiosos pelo nosso regresso. Se não se aperceberam da nossa saída vão procurar-nos sistematicamente ao longo do dia. A sensação de abandono é real e pode alterar o comportamento do gato.

É comum ouvir dizer que os gatos são mais independentes do que os cães.

Isso pode ser aplicável a algumas características do seu comportamento, mas a ligação ao tutor é forte e a ansiedade relativa à sua ausência é um facto comprovado. Os gatos adaptam-se aos horários dos seus tutores, e sabem bem a que horas se levantam todos lá em casa, a que horas saem de casa e quando regressam.

Quantas vezes não é recebido à porta pelo seu gato quando chega a casa? E se não lhe ligar, ele não vai desistir até receber um mimo, certo? A maioria das vezes eles só precisam de festinhas e companhia.

Por isso, sempre que sai de casa explique que vai sair da mesma forma e com as mesmas palavras, e quando regressar dê-lhes algum tempo de atenção. Afinal eles fazem parte da família!

PUB PUB