Como ensinar o cachorro a fazer as necessidades no local certo

AE PET cao necessidades web | Auchan&Eu

O processo de ensinar o cachorro a não fazer as necessidades dentro de casa pode ser mais ou menos exigente, em função da “personalidade” do pet. O mais difícil é ensiná-lo que só pode fazer fora de casa, o que não é óbvio. Assim, nas primeiras 12 semanas de vida não é aconselhado que vá passear à rua. Só o deve fazer depois de terminar o primeiro ciclo de vacinação. Consulte sempre o veterinário para saber como proceder e determinar o momento correto para começar os passeios.

O desafio é conseguir que nas primeiras semanas de vida ele aprenda a fazer sempre no mesmo local, e mais tarde ensinar a fazer as necessidades unicamente na rua.

Para começar o processo de aprendizagem existem várias opções:

  • caixotes de areia – semelhantes aos dos gatos, mas de maior dimensão
  • tapetes aborventes – do tipo fralda descartável
  • vasos com tapetes de relva

Este último é habitualmente uma opção a que o cachorro se habitua com mais facilidade, porque é um “ambiente” atrativo. Quer pelo cheiro, quer pela textura da relva e da terra, que ele vai reconhecer mais tarde na rua, o que vai facilitar a aprendizagem posterior. Também é fácil de manter e limpar. A urina é absorvida pela terra e as fezes podem ser retiradas.

Para ensinar o cachorro a optar pelo tapete de relva, o ideal é tentar antecipar o comportamento e identificar o momento em que ele vai urinar, colocando-o imediatamente no local adequado. A chave da aprendizagem é a repetição… voltar a repetir o processo as vezes que forem precisas até o cachorro se habituar. Sempre que ele conseguir fazer no local adequado deve elogiar, oferecer um “snack” saudável, ou seja, demonstrar ao máximo a sua satisfação.

Quando puder começar a sair à rua, o cachorro não deve ter odores a urina dentro de casa.

Caso contrário, irá voltar a fazer dentro de casa enquanto o odor se mantiver. Nesta fase, o ideal é manter uma rotina diária de passeios, para que o cão se habitue a fazer sempre às mesmas horas. Claro que se ele beber muita água, a uma determinada hora todos os dias, irá ter vontade uma ou duas horas depois.

Estar atento, ser paciente e perceber os ritmos e ciclos é a chave para que tudo corra bem.

Com o tempo o cachorro vai aprender a pedir mesmo quando o cuidador estiver “atrasado”. Conheça alguns dos nossos produtos de higiene para pet que podem ser muito úteis neste processo.