Como ter vários gatos em casa?

Como ter vários gatos em casa?

A convivência de vários gatos em casa é possível, mas o dono deverá ter em atenção alguns aspetos. Os gatos são considerados animais territoriais e gostam de marcar o seu domínio. Por esta razão nem sempre recebem bem um novo membro. Ao mesmo tempo, necessitam de saber quem é o líder e obedecem a uma hierarquia social rígida.

Gatos da mesma ninhada, ou que cresceram juntos, têm uma boa probabilidade de se relacionarem bem. Manter a harmonia num lar com diversos gatos pode representar um verdadeiro desafio. Neste sentido, o dono deverá ter em atenção alguns aspetos, de modo a potenciar a tranquilidade do ambiente. Isto passa por diminuir a tensão e tornar a convivência menos stressante. Desta forma, evitam-se possíveis problemas médicos e/ou comportamentais.

Espaço suficiente para todos (horizontal e vertical)

Os gatos gostam de passar muito tempo longe do chão. Portas, janelas e armários são alguns dos locais preferidos.

Comida, água e caixas de areia suficientes

Todos estes importantes recursos deverão estar disponíveis de acordo com o número de gatos em casa. A regra a seguir é a de um recurso por gato mais um. Estes recursos devem ser distribuídos em locais distintos e de fácil acesso, de modo a evitar possíveis focos de conflito.

Recantos e esconderijos

Os gatos escondem-se para se sentirem seguros e confiantes. Esta é uma forma intuitiva de evitar o stress. Estes recantos podem ser caminhas, túneis, caixas de cartão ou transportadoras.

Estímulos variados

O dono deverá proporcionar uma variedade de estímulos. Estes podem passar por brinquedos interativos, fontes para água, além dos habituais ratos e bolas. Isto poderá enriquecer o ambiente da casa com feromonas, para que se sintam mais tranquilos e confiantes.

Se os gatos não se entenderem e forem constantemente agressivos, o dono deverá consultar o médico veterinário, que o irá ajudar a delinear um protocolo adequado.

PUB PUB