Os gatos (também) podem ser treinados

Sabemos o que está a pensar. Um gato não pode ser treinado. Certo? Afinal, são independentes e fazem o que querem. Simplesmente não é possível treinar um gato a ter determinados comportamentos. E se lhe dissermos que é possível? Venha daí descobrir como!

Antes de mais, vamos falar de treino com reforço positivo. Este treino funciona à base de recompensas, que podem ser guloseimas ou a brincadeira preferida do seu gato. O reforço positivo está mais que provado que funciona, para induzir comportamentos desejáveis.

Os comportamentos indesejados do gato estão muito associados à própria natureza. Comportamentos como arranhar, trepar, urinar. O problema, claro, não está no comportamento em si, mas na execução. Arranhar o sofá ou as cortinas, por exemplo. Ou urinar fora da caixa de areia.

Embora sejam comportamentos naturais, isso não significa que não possamos transformar esses comportamentos, redirecionando-os. Por exemplo, ensinar o gato a arranhar as unhas num sítio específico.

Conheça alguns exemplos de reforço positivo:

Encorajar interações sociais

Se o seu gato é do tipo que foge quando há visitas em casa, experimente dar-lhe recompensas para o levar a aproximar-se. Em breve, pode contar com o seu gato para entreter os convidados!

Aceitar festas

Nem todos os gatos gostam de ser manuseados, mesmo que para fazer festas. Com recompensas, o seu gato pode ser encorajado a a desfrutar desse momento. Com o tempo, poderá mesmo apreciá-lo.

Usar o arranhador

É um clássico. Todos os donos querem que o seu gato use o arranhador (em vez do sofá!). Dê-lhe uma recompensa quando o fizer e em breve o seu gato nem se irá aproximar do sofá (pelo menos para o arranhar).

Ficar calmo

Se o seu gato é agressivo com pessoas ou outros animais, recompense quando estiver calmo. Estará a dar-lhe o sinal de que esse comportamento é o melhor para ele.

Fazer truques

Os gatos também fazem truques. Sentar, deitar, rolar, saltar. Sempre com reforço positivo, é possível ensinar tudo isto a um gato!

Tenha atenção para reforçar o comportamento desejado. Dê o reforço no momento imediatamente a seguir a esse comportamento. Se não estiver certo do momento exato, não o faça.

Que recompensas podem ser dadas para o reforço positivo?

Comida

A mais apreciada pelos gatos, sem dúvida. Pode usar guloseimas para gatos, e ir experimentando vários sabores.

Brincadeira

Os gatos adoram brincar. Se associar uma determinada brincadeira a um comportamento desejado, vai funcionar! Compreenda que brincadeiras movem o seu gato, experimentando de várias formas.

Mimos

Os mimos são uma ótima forma de recompensar o seu gato. Além de servir como recompensa, vai estar a reforçar o elo que tem com o seu gato.

É certo que gatinhos terão mais facilidade em serem ensinados. Mas nunca é tarde. O ditado “burro velho não aprende truques” não se aplica a gatos 🙂

PUB PUB