Sintomas e fatores de risco da diabetes: Esteja atento

Sintomas da diabetes em gatos: Esteja atento

A diabetes é uma doença crónica que pode afetar os gatos, tal como outros animais e humanos. Apesar de habitualmente não ter cura, pode ser gerida de forma a manter uma vida saudável. No entanto, para tal, é necessário ser diagnosticada numa fase precoce. Assim, vamos ver quais são os sintomas da diabetes em gatos.

Primeiros sinais da diabetes

Beber muita água

O gato beber água com muita frequência e até esvaziar a taça.

Urinar frequentemente

Poderá notar que o seu gato usa mais vezes a caixa de areia. Isto acontece porque precisa de expelir o açúcar em excesso no sangue.

Perder peso

A diabetes compromete a transformação de comida em energia para o corpo. Por isso, apesar de comer quantidades normais, o gato pode começar a perder peso.

Comer mais

Pela mesma razão que no ponto anterior, o gato pode ter mais apetite e “pedir” mais alimento.

Levar o seu gato ao veterinário e detetar estes sinais precocemente, irá ajudar a manter a diabetes controlada. Sem acompanhamento próprio, a doença irá agudizar-se e poderá então despoletar outros sinais mais avançados.

Sinais avançados da diabetes

  • Perda de apetite
  • Perda de massa muscular ou fraqueza nas patas traseiras
  • Comportamento depressivo
  • Vómitos
  • Pelo fraco e seco

Apesar de a diabetes poder ser desenvolvida sem razão aparente, existem fatores de risco que potenciam o seu aparecimento.

Fatores de risco para a diabetes

Obesidade

A obesidade contribui para a resistência à insulina e é também um fator de risco para a pancreatite, que pode levar à diabetes.

Medicação com esteróides

Quando usada por muito tempo, pode desencadear a diabetes.

Doença de Cushing

Esta doença faz o corpo produzir uma quantidade anormal de esteróides, pelo que pode levar à diabetes,

Pancreatite crónica ou frequente

Esta condição pode afetar seriamente o pâncreas e a sua função de produzir insulina. O que pode desencadear o aparecimento da diabetes.

Genética

A diabetes pode aparece em qualquer raça de gato e também em rafeiros. No entanto, alguns estudos demonstram que algumas raças poderão ser mais suscetíveis a ter esta doença, nomeadamente das raças Tonquinês, Norueguês da Floresta e Birmanês.

Outras doenças

Doenças autoimunes e virais poderão desencadear o aparecimento da diabetes.

Idade

Embora possa surgir em qualquer idade, os gatos de meia idade e séniores têm maior probabilidade.

Género

As gatas não esterilizadas têm o dobro da probabilidade de contrair diabetes, relativamente aos gatos machos.

Esteja atento aos sintomas da diabetes, e dê particular atenção a gatos com fatores de risco acrescidos. Para que o aparecimento da diabetes não comprometa a saúde do seu gato de forma séria.

PUB PUB