O que pode estar na origem da dor?

O que pode estar na origem da dor?

Ao compreender a origem da dor poderá ajudar o seu gato a ter uma melhor qualidade de vida.

A dor é um processo comum a todos os animais

Trata-se de um sinal de alerta que alguma alteração está presente no organismo. Desempenha, ainda, uma função protetora contra possíveis agressões externas. Todas as patologias que, em medicina humana, cursam com dor podem ser extrapoladas para os animais. Isto acontece porque estes apresentam as mesmas respostas motoras e comportamentais face à dor.

Os processos dolorosos podem dividir-se entre:

  • Dores agudas – derivadas de traumas (mordedura, fratura, luxações, entorse, distensão, etc.) ou patologias (Cistites, otites, etc.)
  • Pós-operatório – de tecidos moles (ovariectomia, tumor mamário, etc.) ou de tecidos duros (cirurgia dentária, fratura, cirurgia ortopédica, etc.)
  • Dores crónicas – derivadas de osteoartrite (por velhice, obesidade, displasia, sequela de cirurgia articular, etc.) ou de doença oncológica

A terapia analgésica deve manter-se durante 48-72 horas em situações agudas. Pode prolongar-se, tanto tempo quanto seja necessário, em processos dolorosos crónicos.

Saiba quais os principais comportamentos indicativos de dor.

 

PUB PUB