Quais os riscos de alimentar gatos com carne crua?

Em termos gerais, os gatos conseguem de facto digerir carne crua, derivado ao facto de terem um trato digestivo curto e bastante ácido. Isto não significa, no entanto, que seja bom para todos os gatos e que não implique riscos. Assim, gatos com problemas de saúde podem não ser compatíveis com uma dieta à base de carne crua. No entanto, o maior risco que existe é mesmo a contaminação de pessoas.

Assim, este tipo de dieta é altamente desaconselhado em famílias cujos membros tenham doenças imunológicas, crianças ou idosos.

Quais os riscos de alimentar gatos com carne crua?

Ameaça à saúde do gato e dos donos

Derivada às bactérias e parasitas presentes na carne crua, o que acontece na larga maioria dos casos. Há estudos que demonstram que os gatos podem ser infetados por bactérias resistentes a antibióticos, o que aumenta o perigo de saúde pública.
Adicionalmente, os donos podem contrair doenças pelo contacto com o gato, a comida, os utensílios ou até as fezes contaminadas.

Uma dieta não equilibrada

Esta opção pode afetar a saúde do gato se for dada por um longo período de tempo. Assim, um pedaço de carne crua não oferece todos os nutrientes minerais e vitaminas, que o gato precisa para ser saudável. Por exemplo, é essencial dar uma alimentação rica em taurina, essencial para a saúde dos gatos e cálcio, para o crescimento de ossos saudáveis. Assim, seria preciso fazer refeições nutricionalmente equilibradas, o que nem todos os donos saberão como fazer.

Perigo dos ossos

Podem sufocar o gato, partir dentes ou até causar uma perfuração interna.

Além dos perigos da carne crua dada diretamente, existe também carne crua vendida comercialmente. Numa análise feita a estes alimentos, concluiu-se que a presença de bactérias também é uma realidade.

Em que consiste uma alimentação crua?

  • Carne dos músculos e orgãos – frango, coelho e peixe
  • Ossos
  • Ovos crus

Conhecidos os riscos, o importante é considerar toda a informação e tomar uma opção consciente. Com a ajuda do médico veterinário, conheça o melhor para o seu gato e para a sua família.