Que problemas urinários pode ter um cão?

Que problemas urinários pode ter um cão?

Há vários problemas que afetam o sistema urinário inferior, causando problemas urinários.

A infeção bacteriana, também conhecida como infeção urinária ou cistite aguda

Acontece no forro interior da bexiga e uretra (o canal através do qual a urina é descarregada a partir do corpo). Embora afete tanto machos como fêmeas, é mais comum em fêmeas que tenham a uretra mais curta. Nela, as bactérias podem-se acumular mais rapidamente. Em alguns casos, a infeção é também causada por cristais (minerais que se fundem para formar cálculos na bexiga) que causam irritação e inflamação. Outras causas prováveis incluem o aumento da idade, diabetes mellitus, prostatite e terapia de longo prazo com corticosteróides.

Durante as fases iniciais da infeção, podem não mostrar quaisquer sinais

No entanto, alguns dos sinais mais frequentes são:

  • micção frequente e dolorosa
  • urina em pequenas quantidades
  • presença de sangue na urina
  • lamber frequentemente os órgãos genitais
  • fraqueza e vómito
  • perda de apetite
  • aumento da sede
  • letargia, stress e depressão

Outro problema comum nos machos é o aumento da próstata

Este distúrbio observa-se em cães não castrados e é mais frequente a partir dos quatro a cinco anos. O aumento da próstata provoca desconforto e deve ser tratado o mais rapidamente possível, senão, podemos enfrentar dificuldades em urinar e defecar. A presença de sangue na urina é um dos sinais mais frequentemente observados. Uma descarga de pus também será visível a partir do pénis. Vamos urinar com frequência e sentir pressão ao urinar. Letargia, constipação e febre são sinais comumente observados. Também vamos encontrar dificuldades ao caminhar, optando por dar passos curtos.

O diagnóstico precoce é essencial para um tratamento adequado

Sendo assim, se qualquer um dos acima mencionados for observado pelos teus donos, avisa-os que devem consultar imediatamente o teu médico veterinário.

PUB PUB