Como evitar que o cão enjoe nas viagens?

Evitar que o cão enjoe nas viagens irá ajudar a fazer viagens tranquilas, para donos e animais.

Viajar pode ter um impacto psicológico nos cães, que ficam ansiosos com a mudança de rotina

Adicionalmente, sentem o próprio stress e preocupação transmitidos pelos donos. Para além deste estado de ansiedade acrescida, muitos cães sofrem de enjoo durante as viagens. Isto é provocado pela diferença entre a perceção visual do movimento e o movimento detetado pelo sistema vestibular (ouvido interno). Este é responsável pelo equilíbrio.

Os sinais de enjoo podem variar

Geralmente passam por:

  • bocejo excessivo
  • tremores
  • respiração curta, rápida e ofegante
  • comportamento incomum
  • salivação excessiva
  • apatia
  • náuseas
  • vómitos
  • animal demasiado quieto

Para que o seu cão faça uma viagem mais confortável, podem utilizar-se medicamentos para controlar o enjoo e o mal-estar. No entanto, deve sempre consultar previamente o médico veterinário.

Adicionalmente, pode tomar medidas para impedir que o seu animal sofra um desconforto desnecessário durante as viagens. Nomeadamente:

  • dar voltinhas curtas para acostumá-lo com o meio de transporte
  • usar o cinto de segurança especial para cães. Desta forma, estará seguro e a olhar em frente, reduzindo as hipóteses de enjoo
  • abrir a janela do automóvel
  • fazer pausas frequentes durante as viagens mais longas
  • não alimentar o cão antes da viagem. O ideal é manter um jejum de, pelo menos, quatro horas
  • dar-lhe muita atenção, uma vez que ajuda a reduzir a ansiedade

Saiba ainda o que fazer para viajar em segurança.

PUB PUB