Há risco de envenenamento com raticidas?

Risco de envenenamento com raticidas

O envenenamento com raticidas, mais comummente conhecidos como veneno de ratos, e cães podem ser uma combinação mortal. Já se sabe que são extremamente curiosos e gulosos. No entanto, muitos donos desconhecem que os venenos utilizados para matar ratos têm um sabor que também é atraente para os cães. Esta combinação de produtos químicos tóxicos pode ser uma experiência dolorosa para cães que venham a ingerir estes produtos.

O mais importante de realçar é que os raticidas são perfeitamente capazes de matar um cão

Por isso, se estiverem a apresentar algum estado clínico que evidencie envenenamento por raticida, é importante serem levados para um veterinário o mais rápido possível.

Os sintomas causados pelo veneno de rato podem apenas ser visíveis após uma semana ou mais depois da sua ingestão, o que torna o tratamento complicado. O veneno de rato pode causar hemorragias internas, pelo que a intervenção oportuna é muito importante.

No início, vão parecer apáticos e fracos

Um sintoma frequente será uma tosse leve que, se ignorada, poderá ser seguida por dificuldades de respiração em um ou dois dias, devido a hemorragias pulmonares.

Vão recusar comida e ter febre

Este quadro também se poderá acompanhar de salivação, vómitos e diarreia. Quando o envenenamento atinge a fase final, os sinais de hemorragia interna tornar-se-ão proeminentes e conduzirão inevitavelmente à morte.

O tratamento deve começar o mais cedo possível

Se os donos suspeitarem de ingestão de raticidas, devem consultar o médico veterinário com urgência para tentar impedir a absorção do veneno e administrar o antídoto dos venenos para rato.

Contudo, nada pode substituir a prevenção

Especialmente quando se lida com veneno de rato, pois é altamente tóxico e tragicamente leva a uma morte lenta. Para segurança, o raticida deve ser colocado longe do alcance ou em locais aos quais não têm acesso.

PUB PUB