Como cuidar de cães recém-nascidos?

Como cuidar de cães recém-nascidos?

Cuidar de cães recém-nascidos exige alguns cuidados.

Na primeira semana, só querem dormir e mamar. Já que amamentar exige muito da mãe, é fundamental reforçar a sua alimentação e nunca deixar faltar água fresca. O dono deve certificar-se que todos estão a mamar, visto que um cachorro mais fraco pode ter maiores dificuldades em chegar à mãe.

O leite que a mãe fornece nos primeiros dias é rico em nutrientes e muito importante para a imunidade dos cachorrinhos

No caso de cães rejeitados pela mãe ou de órfãos, existe a possibilidade da manutenção do filhote por meio de alimentação artificial, utilizando biberões. O dono deve aconselhar-se junto do médico veterinário, já que é possível comprar misturas que são substitutas do leite materno em pet shops. É também necessário saber a frequência da “amamentação” artificial, como o fazer e demais cuidados a serem tomados nestes casos.

Para cuidar de cachorros recém-nascidos, órfãos ou rejeitados pelas mães, é essencial garantir um local:

  • tranquilo
  • limpo
  • seco
  • ventilado
  • protegido da chuva e frio
  • fora do alcance de outros animais e crianças

Do nascimento até às três semanas de idade, os cães não são capazes de regular a temperatura corporal

Por isso, devem ficar sempre junto da mãe, num lugar quentinho, livre de humidade e de correntes de ar frio ou oscilações de temperatura. Apenas com quatro semanas mantêm a temperatura corporal como os adultos, entre 38ºC e 39°C. Na falta da mãe, o dono deve manter o recém-nascido aquecido.

Para manter os filhotes e o ambiente limpos

A mãe lambe a vulva/pênis e ânus dos filhotes e só após esse estímulo é que eles vão eliminar fezes e urina. O dono deve usar um algodão humedecido para, gentilmente, simular a lambedura da cadela, durante as primeiras duas semanas de vida do filhote. Se encontrar fezes e urina no ninho é porque não está a estimular a eliminação o suficiente.

Os filhotes abrem os olhos por volta dos 10 a 14 dias de vida

Apesar de abrirem os olhos, só passam a distinguir profundidade e distância, com maior definição, aos três meses. Devido à sensibilidade à luz, deve-se evitar luz direta nos olhos até às quatro semanas de vida.

O desmame pode ser iniciado a partir das quatro semanas

Este é completado quando o filhote atingir seis a oito semanas. O ideal é a utilização de papinhas de desmame para os filhotes. O desmame também pode ser realizado oferecendo alimento para cachorros, misturado com o leite de substituição.

PUB PUB