A regressão no sono

O sono do bebé é um tema recorrente porque, na sua grande maioria, os bebés levam algum tempo a adaptar-se aos períodos longos de sono. E a conseguir conquistar um ciclo estável. Mesmo quando começam a estabilizar, existem algumas fases de regressão. Estas fases de regressão estão muitas vezes associadas ao próprio desenvolvimento do bebé.

O que esperar da regressão do sono

É comum, no final dos 4 meses, os bebés iniciarem ciclos de sono próximos dos adultos. Ou seja, com cerca de 90 a 110 minutos. Praticamente o dobro dos ciclos de sono anteriores. Esta nova fase de desenvolvimento pode implicar que o bebé comece a acordar temporariamente, a cada mudança de ciclo, até se adaptar.

Quando o bebé está prestes a fazer 1 ano de idade, existe muita atividade, que pode causar distúrbios durante a noite. O bebé começa a gatinhar, alguns bebés até a andar, os dentes começam a nascer. E a conquista destas etapas pode perturbar os ciclos de sono.

Estas perturbações podem voltar a surgir, sempre que o bebé estiver numa fase em que está a iniciar uma nova etapa de mudança na sua rotina. Aos 2 anos, quando estiver a tirar a fralda da noite, o retirar da chucha, os terrores noturnos… Até podem surgir alguns episódios de sonambulismo que acabam por desaparecer naturalmente. Nestas fases, o melhor é pedir conselho ao pediatra.

A chave para estabilizar o sono, e os ritmos serem mais equilibrados, é antes de mais manter a calma e os horários, mesmo que o bebé não durma. Conheça mais informação sobre perturbações no sono.