Como identificar tipos de choro do bebé?

Sabia que os bebés têm vários tipos de choro e que, se treinarmos o nosso ouvido, conseguimos não só distinguir as diferenças, como tentar identificar padrões e motivos?

Aqui vão algumas dicas para identificar o choro do bebé

Fome

O mais comum é o choro que comunica a fome. É o mais frequente e mais fácil de identificar: som baixo e repetitivo. Para além de chorar, o bebé fecha muitas vezes as mãos em forma de punho ou leva as mãos à boca.

Aborrecimento

O bebé quer chamar a atenção e quer colo ou interação. Está entediado e, por isso, chora. Pode não ser um choro intenso a princípio mas vai aumentar, se não existir reação por parte do adulto.

Desconforto

Pode ser originado por frio, calor, fralda suja, roupa incómoda… é um choro constante e intenso que tem tendência a agravar-se. Também pode refletir apenas cansaço e dificuldade em adormecer. Neste caso, o bebé também boceja e pode ter os olhos cansados e pestanejar muito.

Desgaste

Quando o bebé está cansado e o ambiente é muito intenso a nível de luz, som, estímulos de muitos adultos, o choro vai chegar com violência. E será difícil acalmar o bebé. Deve tentar recriar rapidamente um ambiente sereno, que contrarie o ambiente anterior.

Dor (cólicas)

Nestes casos, o choro é intenso. Se forem cólicas, o bebé até pode dar pequenos gritos de dor e este choro é habitualmente acompanhando de movimentos das pernas (o bebé estica e encolhe as pernas com força).

Prostração e doença

Se o bebé estiver doente, pode chorar baixinho, parece por vezes um queixume, um gemido. Nesses casos, deve avaliar se existem outros sintomas e ligar de imediato ao pediatra.

PUB PUB