Envolver os irmãos na chegada do bebé

Envolver os irmãos na chegada do bebé

O nascimento de um irmão ou irmã pode ser difícil para a criança mais pequena. A atenção vai centrar-se no bebé e a criança ressente-se, com frequência. O nascimento do bebé também traz muita expetativa positiva. A criança pensa que terá alguém com quem brincar e partilhar a diversão. No entanto, isto não se vai concretizar nos primeiros meses, e pode ser mais um motivo de frustração. O papel dos pais para trazer equilíbrio a uma nova rotina é importante, e indispensável, nesta fase de adaptação.

Aqui vão algumas dicas que podem ajudar a envolver os irmãos na chegada do bebé:

  1. A criança deve sentir que participa na vida do bebé!
    Estimule o contato com o bebé e ensine a tocar, limpar, brincar, explicando a fragilidade do bebé, sem criar barreiras à criança. Peça ajuda à criança, quando está a tratar do bebé. Por exemplo, ajudar a vestir, mudar a fralda, colocar o creme, etc.
  2. Durante a interação, esteja sempre perto
    Mas sem a criança perceber que está a ser monitorizada. Desta forma irá estimular a confiança, mas sempre vigilante
  3. Redobre os mimos!
    Mais que nunca, a criança precisa de saber que é amada, tanto quanto o recém-nascido. A verdade é que o bebé vai ser a “estrela” da casa. Quando nasce, recebe visitas e prendas, tem o colo e a mama da mãe, a mãe fica em casa e a criança provavelmente terá de ir para a creche ou para a escola, etc. É difícil que a criança não fique um pouco ressentida
  4. Faça programas só com a criança
    Ou dedique algum tempo de qualidade, sem a presença do bebé. É importante que a criança sinta que tem tempo, só para ela, com a mãe e o pai
PUB PUB