4 passos para acabar com conflitos entre irmãos

Tensão entre irmãos é mais do que natural: as crianças passam por várias fases de afirmação e construção de personalidade enquanto crescem e os irmãos são o melhor parceiro disponível para a brincadeira, mas também para serem alvo de rivalidades.

Quando se desencadeia um “conflito”, o que fazer?

1º passo

Restaurar a calma. Respirar fundo (incluíndo os adultos), tentar parar o conflito com calma. Conversar e dar uma indicação concreta de que a situação tem de parar de imediato e que o melhor é “fazer um intervalo” para descansar, pensar, descontrair.

2º passo

Estimular uma conversa entre os dois e fazer de intermediário.
Tentar perceber o motivo da zanga, tentar que cada um explique ao outro porque é que “ainda está zangado”. Estimular que verbalizem o que estão a sentir. Pedir-lhes para trocar de posição e dizer o que o outro deverá estar a sentir.

3º passo
Chegar a acordo.
Tentar que se sintam bem com uma nova solução e que cheguem a um novo acordo sozinhos.

4º passo
Fazer as pazes.
Explicar que é importante saber aceitar as desculpas de parte a parte e que um novo entendimento pode dar lugar a novas brincadeiras. Fazer as pazes com abraços, “passou-bem” ou “dá cá mais cinco!” é importante para encerrar o conflito com empatia física.