5 dicas para estimular crianças pequenas a brincar sozinhas

As crianças têm, na sua maioria, uma atividade diária intensa desde muito cedo. Os estímulos externos são cada vez mais numerosos. Sejam de origem eletrónica, social ou mesmo familiar. Brincar sozinhas é um acontecimento que parece estar a tornar-se raro. Mas brincar sozinhas pode ser importante para o desenvolvimento criativo e da autonomia das crianças.

Será que podemos ter alguns gestos para estimular a brincadeira? Ou evitar que a criança esteja sempre à espera de um estímulo vindo de terceiros?

Veja como estimular crianças pequenas a brincar sozinhas

  1. Evite decidir ou fazer por ela…
    Se a criança estiver a brincar e pedir ajuda: instrua, inspire, mas não se substitua à criança.
  2. Quando está em casa, incentive e proponha, de forma motivadora e positiva, que a criança vá brincar ou fazer um jogo sozinha no seu quarto.
  3. Se a criança não quiser brincar sozinha no quarto, proponha que ela faça um jogo ao seu lado, ou na mesma divisão da casa, enquanto desempenha uma tarefa diferente.
  4. Proponha jogos e atividades com objetivos concretos. Por exemplo, fazer um desenho, uma plasticina, um puzzle, etc. e peça para que a criança lhe venha mostrar o resultado, quando o desafio estiver concluído. A criança vai sentir-se bem no processo e ficar orgulhosa no final.
  5. Muitas vezes “menos é mais”… se separar e guardar conjuntos de brinquedos, para ir substituíndo de forma cíclica, a criança vai sempre sentir que tem novidades para redescobrir.