Gelados para os mais pequenos

Com o calor que se faz sentir, gelados sabem muito bem. Infelizmente, muitos dos gelados e sorvetes industriais apresentam um perfil nutricional desequilibrado, devido ao excesso de açúcar adicionado ou substitutos artificiais, gordura e aditivos menos saudáveis.

Existem alternativas mais adequadas e saudáveis que pode fazer em casa, e dar ao seu bebé, à base de fruta, vegetais, iogurte, leite… Respeitando a idade do bebé e os alimentos que já fazem parte da sua alimentação, apresentamos receitas de gelados.

Sugestões a considerar na preparação de gelados:

Pode preparar o gelado com antecedência, usando os ingredientes frescos, e depois de serem batidos na liquidificadora, coloca em forma de gelado e congela no mínimo por 5 horas.
Também pode fazer o gelado para ser consumido na hora e, neste caso, deve usar fruta congelada previamente (partida em pedaços ou fatias).

Para garantir que os gelados têm uma boa consistência e sabor, deve ter em conta o seguinte:

  • O sabor doce provém da fruta e quanto mais madura, mais doce será o gelado
  • Para um gelado cremoso opte por uma base de banana, leite ou iogurte
  • Se quiser um gelado tipo sorvete, menos cremoso, ou menos calórico, pode substituir o leite ou iogurte por água

Gelados Saudáveis

Gelado de banana e abóbora – a partir dos 6 meses

  • 2 bananas em fatias congeladas
  • ¼ chávena de puré de abóbora
  • 2 c. sopa de leite adaptado ou leite materno

Coloque os ingredientes na liquidificadora e bata em alta velocidade, por cerca de 5 minutos, ou até ficar cremoso. Sirva de imediato.

Gelado de papaia e banana – a partir dos 6 meses

  • 2 bananas em fatias congeladas
  • 1/2 chávena de papaia em cubos
  • 2 c. sopa de leite adaptado ou leite materno

Coloque os ingredientes na liquidificadora e bata em alta velocidade por cerca de 5 minutos ou até ficar cremoso. Sirva de imediato.

Gelado de manga – a partir dos 9 meses

  • 2 iogurtes naturais não açucarados
  • 1 manga bem madura
  • 1 cenoura (cozida e arrefecida)

Coloque os ingredientes na liquidificadora e bata em alta velocidade por cerca de 1 a 2 minutos. Coloque em formas individuais e leve ao congelador no mínimo 5 horas. Retirar do congelador e servir.

Gelado de framboesa e uvas – a partir dos 12 meses

  • 2 iogurtes naturais não açucarados
  • 1/2 chávena de framboesas congelados
  • 1/2 chávena de uvas congeladas

Coloque os ingredientes na liquidificadora e bata em alta velocidade por cerca de 5 minutos ou até ficar cremoso. Sirva de imediato.

Gelado de batata-doce roxa – a partir dos 12 meses

  • 200 g batata-doce roxa (cozida e arrefecida)
  • 2 chávenas (chá) leite de vaca, leite adaptado ou leite materno
  • Coco ralado q.b. (opcional)

Esmague a batata-doce roxa grosseiramente com um garfo. Bata no liquidificador com os mirtilos e o leite até atingir a textura cremosa. Coloque em formas individuais e leve ao congelador no mínimo 5 horas. Retirar do congelador, esperar 10 minutos e servir.

Gelado de morango, cereja e beterraba – a partir dos 12 meses

  • 125 g beterraba (cozida e arrefecida)
  • ¼ chávena de morangos
  • ¼ chávena de cereja
  • 2 c. sopa de água

Esmague a beterraba grosseiramente com um garfo. Bata no liquidificador com os morangos, cerejas e água cerca de 1 a 2 minutos. Coloque em formas individuais e leve ao congelador no mínimo 5 horas. Retirar do congelador e servir.

Gelado de kiwi, espinafre e meloa – a partir dos 12 meses

  • 200 g melão
  • 1 kiwi
  • 25 g espinafres
  • 1 folha de hortelã

Coloca os ingredientes na liquidificadora e bata em alta velocidade por cerca de 1 a 2 minutos. Coloque em formas individuais e leve ao congelador no mínimo 5 horas. Retirar do congelador e servir.

Algumas notas adicionais:

  • Armazenamento: pode congelar até dois meses
  • Adoçar: usando fruta madura, não há necessidade de adicionar qualquer tipo de açúcar. Este deve ser evitado até aos 2 anos de vida, sendo o seu consumo reservado para momentos de festa. Após os 2 anos, e se quiser adoçar o gelado, pode optar por mel (1 colher de sopa por receita). Crianças com menos de 1 ano não devem ingerir mel devido ao risco de botulismo
  • Quantidade: Tenha em atenção para não ultrapassar 1 porção por dia. A fruta deve ser consumida preferencialmente na sua forma natural e adequada à idade do bebé

Consulte informações sobre alimentação e diversificação alimentar.

Referências bibliográficas:

Alimentação e nutrição do lactente. Acta Pediátrica Portuguesa. Vol. 43, n.º 5 Setembro / Outubro 2012 Suplemento II

Marisa Gomes do Vale
Nutricionista Auchan
Membro da Ordem dos Nutricionistas nº 3066NE

PUB PUB